Faces of Death: Consummatum Est apresenta toda essência do Thrash Metal

Views:


É perceptível que nosso País vem cada vez demonstrando uma riqueza em diversidades musicais e, com isso o Rock’nRoll e as vertentes do Metal pesado nacional não está de fora. E muitos de seus gêneros, que admiramos dentro desse “universo” vem contribuindo bastante ao Metal Brasileiro, que está se destacando a cada registro lançado no mercado da música pesada.

Mas também, é claro que o Metal Nacional, vêm constantemente passando por transformações e evoluindo muito! Sim, é fato que com estas evoluções, a música pesada e suas vertentes se lapidam ao mundo moderno, traz consigo algo novo agradando bastante a quem está disposto ao moderno, mas também temos bandas que seguem a linha “Old School” se tornando bem interessante, sem dúvidas, claro, desde que seja bem feito.

E aproveitando esse nicho do mercado independente do Metal Brasileiro, a banda de Thrash Metal de Pindamonhangaba/SP, Faces of Death, retoma suas atividades após um hiato de vinte anos, com um novo Ep intitulado de “Consummatum Est”, com cinco faixas brutais, contando com duas regravações de suas “Demos” anteriores. Sendo que esse novo projeto lançado em 2017, traz três novas composições tornando-se seu terceiro registro de trabalho, pois nos anos 90 a banda lançou no mercado duas Demos.

Esse novo projeto contou com a produção de ‘Friggi Mad Beats’ batera do (Chaos Synopis), gravado no Estúdio Coruja e a masterização ficou a cargo da Absolute Master, dando uma cara muito bacana a sonorização da banda. E toda a arte gráfica ficou a cargo do artista Indonésio ‘Yan Sek’ e já o encarte é de autoria do Alt Design Studio.



Faces of Death, faz referência ao documentário (“As faces da Morte” de 1978), onde o mesmo trazia algumas imagens pesadas, autópsias entre outras atrocidades sobre a morte”. Quem se lembra?

A banda de Pindamonhangaba, remete toda a imagem carrega com uma sonoridade de uma forma ímpar e muito bem elaborada. E, por falar em elaborações, o próprio EP já se inicia como um interlúdio marcante representada por sirenes que remetem o “alerta”, que estamos diante de uma sonorização bem composta e bem encaixada na abertura do álbum e me refiro à “Killer in the Name of God”, cheia de nuances que já ganha o ouvinte na primeira audição, sendo que a mesma é a música de trabalho da banda onde podemos encontrar o “Lyric vídeo de divulgação.

Outra faixa que chama muita atenção fica a cargo da faixa título do álbum “Consmmatum Est”, marcada por compassos variados que te prendem na audição com suas nuances que vão te agregando nas variações da rítmica empregada na composição.

A terceira e quarta música, sendo elas “New Age e Anno Domini” pertencente aos seus trabalhos anteriores de Demos lançadas nos anos 90, ganharam uma nova roupagem nas harmonizações dando um clima absolutamente pesado as composições, onde o ‘Laurence’ vocal e guitarra da banda as interpreta com muito gás e fúria.

E para fechar a devastação do Ep “Consmmatum Est”, fica à disposição de “13 Lost Souls” uma das composições novas de Faces of Death, fechando a própria audição com muito fervor, demonstrando de fato que o Ep é um belo registro da volta de Faces of Death, registrado na vertente do Thrash Metal Nacional!

O Ep “Constummatum  Est” é uma boa pedida para o apreciador do gênero. Agora nos resta aguardar o lançamento de um álbum completo que segundo a banda no próximo ano nos divertiremos com tal feito.

Line – Up:
Laurence: Vocal/ Guitarra
Talles: Guitarra
Sylvio: Baixo
Sidney: Bateria

Links oficiais:

Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário