Lacerated And Carbonized: "Narcohell vem para colocar a banda entre os grandes do estilo"

Views:


Banda: Lacerated And Carbonized
Disco: Narcohell 
Selo: Vingança Music
Ano de lançamento: 2016


O terceiro disco de uma banda. Algo que muitos dizem ser o momento de uma banda se firmar de vez. É a hora de mostrar se a banda veio para ficar e fincar seu nome no cenário musical. E aqui podemos dizer que o L.A.C conseguiu superar todas as expectativas com seu terceiro dico, intitulado “Narcohell”. O Death Metal da banda se mostra melhor tocado, mais variado e destruidor. Com certeza podemos afirmar que conseguiram afirmar que são uma das melhores bandas de nosso país.

A produção do disco, feita por Felipe Eregion em parceria com a banda, e a masterização feita por Andy Classen no Stage One Studio em Borgentreich (Alemanha), é algo que já se destaca de cara. Temos a total clareza do que a banda está tocando, sem deixar o peso e a brutalidade de lado.
A arte da capa evidencia todos os elementos presentes nas letras da banda, que aborda todo o caos, violência e o inferno que ocorre no estado do Rio de Janeiro. Uma das características únicas do quarteto carioca.

No disco ainda temos as participações especiais de de Mike Hrubovcak (MONSTROSITY) nos vocais em “Broken”, e de Marcus D’Angelo (CLAUSTOFOBIA) nos vocais do refrão de “Bangu 3”.

O disco abre com “Spawned in Rage”, uma típica pancadaria da banda, um ótimo cartão de visita e um certo groove matador, algo que a banda conseguiu explorar bem nesse disco. A faixa título “Narcohell” continua o disco com a brutalidade em alta, com destaque para os riffs de Caio e os Blasting Beats insanos de Victor. Em “Bangu 3” temos um dos maiores destaques de toda carreira da banda. Ótima música, com riffs matadores e uma cozinha maravilhosa. A voz de Jonathan combinou muito bem com a de Marcus D’Angelo. A faixa seguinte “Severe Nation” mostra ótimos arranjos da banda, com um ótimo groove aliado ao Death Metal da banda. Mais uma vez Victor mostra o porquê de ser um dos melhores bateristas de metal do Brasil. Em The Urge” Caio se destaca com ótimos riffs, trazendo um groove matador, algo que com certeza vai acabar com o pescoço dos bangers ao vivo. A porrada chama “Broken” impressiona com sua levada brutal e matadora. O nível alcançado pela banda impressiona. Os vocais de Mike Hrubovcak do MONSTROSITY deram um brilho ainda melhor para a música.  Os tranalhos de guitarra da faixa “Terminal Greed” mostram uma maturidade alcançada pela banda, algo que enriquece ainda mais o som do quarteto. “Condition Red” tem um dos melhores trabalhos de Jonathan em todo o disco. Seu vocal evolui bastante nesse disco, seu timbre gutural está mais coeso, sem deixar de dar um peso absurdo para a música. A faixa “Ruinous Breed” se destaca com ótimos arranjos de guitarra não tão usuais na música da banda, mas que com certeza ficaram ótimos. O trampo de baixo Paulo Doc se destaca nessa faixa, trazendo muito peso para a música. “Decree of Violence” é a faixa de maior duração de todo o disco e mostra uma grande influência de Thrash Metal em sua duração. Algo que deixa sua música ainda mais violenta e matadora. Com certeza muitas rodas serão abertas ao vivo com a execução dessa faixa. E aja Gelol para o pescoço para acompanhar esse disco. A instrumental “Parallel State” mostra um lado diferente da banda, misturando influências de música brasileira ao seu som. Primeiro vídeo do disco, “Hell De Janeiro”, é um dos grandes estaques do disco, sua letra totalmente em português destaca o caos vivido na cidade e seu refrão gruda cabeça do ouvinte. O disco termina em alta com a faixa ‘Mass Social Suicide”, onde a banda mistura alguns elementos percussivos e arranjos de guitarra diferentes à sua habitual brutalidade.


Podemos afirmar que Narcohell é um dos maiores discos feitos em nosso país nos últimos anos. Uma obra prima que merece levar a banda junto aos grandes nomes do Metal Extremo mundial. Se puder apostar eu diria que o Lacerated And Carbonized será a próxima banda brasileira a despontar no mundo afora, pois qualidade a banda tem de sobra.

Tracklist:

1. Spawned in Rage
2. NarcoHell
3. Bangu 3 
4. Severed Nation
5. The Urge
6. Broken 
7. Terminal Greed
8. Condition Red
9. Ruinous Breed
10. Decree of Violence
11. Parallel State
12. Hell de Janeiro
13. Mass Social Suicide

Notas:
Capa: Excelente
Produção: Excelente
Composição:Excelente
Nota geral: Excelente

Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário