5 bandas de metal de Pernambuco que vale a pena conhecer, em Dezembro

Views:
COM UM PEQUENO APANHADO, O BREJA MUSIC SELECIONOU ALGUMAS BANDAS DE  METAL DE PERNAMBUCO QUE TALVEZ VOCÊ NÃO CONHEÇA



Breja Music está atento para cultura, gastronomia, cerveja e no campo musical, principalmente. No momento, a intenção é compilar algumas bandas que apresenta trabalho profissional, levando em consideração as bandas com nome estabelecido e bandas relativamente novas, ou até mesmo desconhecidas por alguns. Uma ideia baseada no TMDQA. Nesta próxima empreitada, o convidado selecionou 6 bandas de Pernambuco.

Em breve vamos selecionar bandas de outras localidades, contando com colaboradores de diversos estados, bem como estilos diferenciados. Todo artista merece reconhecimento de seu trabalho e estamos aqui para dar aquele "empurrãozinho". Na ocasião, convidamos o parceiro Valterlir Mendeseditor do Recife Metal Law (www.recifemetallaw.com.br) e do Máquina do Metal Zine.
                        
                       Novas sugestões, basta contatar contatosulflu@gmail.com.

Esperamos que gostem e podem inserir mais vídeos nos comentários do portal, fiquem a vontade! Ah, para curtir a página de cada banda, basta clicar no nome de cada, assim será direcionado rapidamente.


Inner Demons Rise (Death Metal)

Eu vi praticamente a Inner Demons Rise nascer. Fui a um de seus primeiros ensaios, e no início a banda ainda moldava sua sonoridade. Havia algo de Melodic Death Metal na sua música, mas sem uso de teclados. Os anos se passaram, muitas mudanças na formação, mas hoje, estabilizada, o Inner Demons Rise definiu seu som e vem numa crescente de shows, tanto em Pernambuco como fora do Estado. Este ano lançou seu álbum de estreia, “In the Name of the Father, and of the Son and Violence”, apenas no formato digital. Mas a banda informou, em seu último show, que o disco será lançado no formato físico, em 2017. É Death Metal, técnico, com boas melodias, riffs pesados, solos bem encaixados, vocais fortes e uma bateria avassaladora.





Elizabethan Walpurga (Black/Heavy Metal)

A banda surgiu em 1995, mas só lançou seu primeiro trabalho, a Demo “Desire”, em 2000. O trabalho teve forte impacto no meio Underground de Pernambuco, em razão de sua sonoridade, que trazia uma mescla bem feita entre o Black e o Heavy Metal. Essa Demo foi relançada em forma de Split com o potiguar Lord Blasphemate pouco tempo atrás. Após o lançamento da citada Demo e alguns shows, a banda deu uma parada em suas atividades por um longo período, mas voltou recentemente às atividades. Esse retorno culminou no seu espetacular primeiro álbum de estúdio, “Walpurgisnacht”, lançado agora em 2016 (infelizmente só de forma digital). Um álbum que mantém as características primordiais da banda, ou melhor, acentua ainda mais no lado Heavy Metal misturado ao seu peculiar Black Metal. Pude ver um show recentemente do Elizabethan Walpurga, e ao vivo é tão bom quanto em estúdio.

            


Evocati (Heavy Metal)

Banda totalmente nova, o Evocati é uma grata surpresa é promessa advinda do interior do Estado, mais precisamente da cidade de Moreno. Apesar de ter surgido em 2010, a banda não tinha seu nome tão difundido no meio Underground, mas isso agora começa a mudar com o lançamento de seu homônimo álbum de estreia. O álbum foi lançado de forma independente e, mesmo sendo o início de sua divulgação, já vem tendo um bom respaldo no Estado, ganhando efusivos elogios de quem o já pode ouvir (eu me incluo). É aquele Heavy Metal clássico, tradicional, com músicas bem construídas. Algumas influências de grandes nomes podem ser ouvidas na música do Evocati, mas a banda usa essas influências de forma inteligente, criando, de certa forma, algo próprio. Destaque para a longa “Evocati”, com interpretação vocal impressionante e belas alternâncias instrumentais, trazendo até algo mesmo de Doom Metal.

            


Pandemmy (Death/Thrash Metal)

O Pandemmy já é uma banda bem conhecida no Underground pernambucano, já que está ativa desde 2009 e de lá para cá tendo lançado Demo, EPs e dois full lenght. O mais recente recebe o título de “Rise of a New Strike”, e foi lançado, de forma digital, no último dia 18 de novembro. Desde o seu surgimento, a banda fez muitos shows, tanto dentro como fora de Pernambuco. O mais recente que pude ver foi abrindo pro Artillery, em Recife, em agosto passado. No show pude ver uma banda ainda mais Thrash, mas sem deixar de lado as passagens Death Metal e o instrumental, de certo modo, trazendo passagens intricadas em meio ao caos sonoro de alguns sons. O Pandemmy passou por um período de grandes mudanças em sua formação e tais mudanças parecem ter culminado num disco mais maduro, com melodias mais apuradas, mas sem deixar a rispidez de lado, o peso... Sem deixar de lado suas raízes. Em conversa com o guitarrista e único membro remanescente da formação original, Pedro Valença, ele me informou que o disco será lançado no próximo ano em seu formato físico. E tem que sair em formato físico. Um dos melhores álbuns de 2016!

            


Will2Kill (Thrash/Groove Metal)

Wilfred Gadêlha sempre foi um cara participativo na cena Heavy Metal de Pernambuco, não só tocando em bandas (ele já passou pelo Cruor, Câmbio Negro, Dark Fate...), mas também por se mostrar ativo no quesito divulgação, já quem tem um programa de rádio com o intuito de divulgar a cena pesada do Estado. Mas aqui me atenho a sua nova banda: Will2Kill. Surgida em 2014, a banda vem conseguindo espaço no Underground de Pernambuco, inclusive com alguns shows. Desses shows, consegui ver dois este ano. O som da banda traz algo mais contemporâneo, e o seu Thrash Metal tem bastante Groove, indo além das partes velozes, ou seja, com levadas mais cadenciadas e com ‘quebradas’ de tempo. O Will2Kill lançou dois trabalhos, de forma digital: o single “Cause For Alarm” e o EP “Will2Kill”, ambos agora em 2016. Uma dica: se puder ver a banda ao vivo, não vai se arrepender. Peso, groove e agitação não faltam!

            


          Curta e acompanhe nossa página no Facebook: www.facebook.com/BrejaMusic

   COMPARTILHE! O QUE ACHOU DA MATÉRIA? COMENTE AQUI EM BAIXO, POR FAVOR!
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário