Espanha aprova licença-paternidade de quase quatro meses

Views:

A medida visa igualar as licenças pagas concedidas a homens e mulheres após o nascimento dos filhos


Até agora, os pais podiam tirar até 13 dias consecutivos de licença, seja pelo nascimento ou adoção de um novo filho (iStockphoto/Getty Images)

O Parlamento espanhol aprovou a extensão da licença-paternidade no país de 13 dias para 16 semanas. Quando implementada, a medida igualará as licenças concedidas a homens e mulheres após o nascimento de seus filhos.
Atualmente, os pais têm direito a até 13 dias consecutivos de licença, seja pelo nascimento ou adoção de um novo filho, além de mais dois dias para presenciar o próprio nascimento. Essa licença ainda pode ser ampliada para 20 dias se a família for grande (três ou mais crianças) ou se a criança nascer com algum tipo de deficiência.
Sob a lei atual, 10 dias da licença da mãe também podem ser transferidos para o pai, mas apenas 2% da população costuma aderir a essa opção, segundo o jornal The Guardian. Com a nova medida, as licenças não poderão mais ser transferidas, mas pais e mães terão o mesmo tempo para ficar com o filho recém-nascido.
Fonte: Veja
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário