O disco de estreia do Qualquer Bordô é um fofolk pra quem tá apaixonado

Views:

Dupla-casal radicado em São Paulo conta como se conheceu no seu primeiro trabalho homônimo, que conta com masterização do produtor gringo Chris Hanzsek.




Carol Kozovits nasceu em Curitiba e Tai Britto, em Aracaju. Os dois se mudaram pra Brasília quando eram crianças e começaram a namorar em 2014, mas foi só em São Paulo que decidiram formar o Qualquer Bordô, dupla de indie-folk que lança seu disco de estreia homônimo nesta terça-feira (13) com exclusividade pelo Noisey.
"Esse trabalho fala da nossa história, da nossa vida juntos, dos nossos planos, nossas aventuras, desejos e inquietudes", descreveu o casal sobre o disco, que conta com produção de Daniel Lopes, Alexandre Griva e pelo próprio Tai Britto.
Com mixagem assinada por Alexandre Griva e a masterização do produtor gringo Chris Hanzsek, (responsável por algumas masters do Soundgarden e do The Melvins, além de ter sido dono do estúdio Reciprocal Recording, onde o Nirvana gravou sua primeira demo e em seguida o disco Bleach).
O disco ainda conta com participações de Ge Fonseca nos teclados, de João Viana na bateria e do atual baixista da Maria Gadú Lancaster Pinto. Nas músicas "Ainda Estou Aqui" e "Adeus", o banjo é comandado por Fernando Oliveira. Em algumas das canções, o vocalista da banda Reverse, Daniel Lopes, colaborou com a segunda voz. Além disso, a dupla contou com um quarteto de cordas e metais que foram gravados em Curitiba.
Ouça abaixo:


Fonte: Noisey

Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário